PREFEITURA UM DESSERVIÇO A EDUCAÇÃO MUNICIPAL 

28 FEV 2018
28 de Fevereiro de 2018

 As mascaras e as cinzas já se foram e agora voltamos à dura realidade. Ou seja, a vida cotidiana e cheia de problemas surge com mais força no município do Moreno. E a educação está no foco dos movimentos e protesto, onde a prefeitura mesmo apresentando os investimentos para 2018 R$ 381.375,00 e R$ 42.120,00, no programa Novo Mais Educação e Brasil Alfabetizado respectivamente, o SINPREMO Sindicato dos Profissionais em Educação do Moreno realizou um protesto no dia de ontem (27/02). Na pauta as contradições no que diz respeito às informações do governo municipal, pagamento do piso nacional, as promoções, o estatuto e a situação (regulamentação) da hora aula atividade dos profissionais de educação do município. Além das melhores condições de trabalho, insegurança nas escolas e a manutenção das escolas da zona rural, e esses foram alguns dos pontos defendido pela categoria,.  Uma agenda que se estende por todo mês de março foi acordada entre a categoria e governo municipal. 
E mais, quando achamos que tudo esta voltando à normalidade, o governo municipal volta agir de forma truculenta e abusiva, desta vez com a cobrança da mensalidade de R$ 60,00 aos estudantes universitários que usam o transporte fornecido pela prefeitura. Não bastasse à maratona que é cursa um curso superior no nordeste desde país que além de custearem a mensalidade e todo material durante todo período, o governo municipal vem é põem uma par de cal, fazendo um desserviço para o futuro de nossa juventude. 
De forma organizada alguns desses jovens, realizaram protesto nesta quarta feira 28 de fevereiro, mostrando a indignação com a forma de tratamento por parte da prefeitura do Moreno. 
Reportagem: morenope.com 
Voltar

Clique aqui para editar.